You are here

Feminicídio ou femicídio

América Latina, Caribe e Espanha (24 países): Feminicídio ou femicídio, último dado disponível (Em números absolutos e taxas por cada 100 mil mulheres)
Corresponde à quantificação anual de homicídios de mulheres assassinadas por razões de gênero. Se expressa em números absolutos e em taxas por cada 100 mil mulheres. De acordo com as legislações nacionais, se denomina femicídio, feminicídio ou homicídio agravado por razões de gênero.

Análise

Informações oficiais de 15 países da América Latina e do Caribe mostram que pelo menos 3.287 mulheres foram vítimas de feminicídio ou femicídio em 2018. Quando somados a esses os dados de 9 países da região que registram apenas feminicídios cometidos pelo parceiro ou ex-parceiro da vítima,  é possível afirmar que o número de feminicídios em 2018 foi de ao menos 3.527 mulheres.

Os países da América Latina em que a taxa de feminicídios por cada 100.000 mulheres é mais alta são: El Salvador (6.8), Honduras (5.1), Bolívia (2.3), Guatemala (2.0) e República Dominicana (1.9).
No Caribe, Santa Lúcia teve uma taxa de 4,4 feminicídios por cada 100.000 mulheres em 2017, enquanto em Trinidad e Tobago a taxa foi de 3,4 em 2018.